Via Sacra da Ressurreição

Tempo Pascal

A Via Crucis (Caminho da cruz de Jesus) é uma tradição antiga e muito difundida nas comunidades cristãs. Recentemente, porém, surgiu a Via Lucis (Caminho de Luz). É uma meditação orante sobre os mistérios gloriosos do Senhor Jesus. Rezam-se os eventos compreendidos entre a Ressurreição e o Pentecostes. Este é um convite para caminharmos como “filhos da luz”, testemunhas do Ressuscitado e construtores da paz.

PRIMEIRA ESTAÇÃO

Jesus ressurge da morte

C= Nós vos adoramos e vos bendizemos, Senhor Jesus Cristo!

T= Porque pela vossa santa Páscoa remistes o mundo!
(erguendo as velas e não ajoelhando)

Leitor 1: “Então o anjo disse às mulheres: “Não tenham medo. Eu sei que vocês estão procurando Jesus que foi crucificado. Ele não está aqui. Ressuscitou, como havia dito! Venham ver o lugar onde ele estava.” (Mateus, 28, 5-6)

C= Naquela aurora de Domingo, com muita tristeza e carinho por Jesus, as santas mulheres caminham até o sepulcro onde ele fora colocado. E o anjo, mensageiro de Deus, revela para elas que o Nazareno vencera as fronteiras da morte. O túmulo está vazio, ele não está mais no lugar da morte. Ele vive, ele derrotou o último inimigo humano: a morte. O Crucificado não está mais na sepultura. A morte foi derrotada.

Leitor 2: Como as santa mulheres, caminhamos em busca de vida, muitas vezes andamos tristes e abatidos pelos acontecimentos que nos cercam. O seguidor de Jesus, porém, entende que o amor de Deus por nós é maior que tudo, capaz de vencer até a morte.

INTERCESSÃO

C= Cristo ressuscitou e vive para sempre. Um mundo novo começou com ele. Rezemos para que sua Páscoa transforme todas as coisas:
Senhor, escutai a nossa prece.

  • Por todos os cristãos, para que por sua coragem na luta pela libertação, sejam testemunhas de que Cristo ressuscitado é a esperança de um mundo novo, rezemos.
  • Pelos que crêem num futuro melhor, para que aceitem o sofrimento e também a morte como meios que preparam a renovação, rezemos.
  • Pelos povos em via de desenvolvimento e pelos povos oprimidos, para que conheçam a liberdade política e econômica, a autonomia cultural, a justiça e o progresso, rezemos.

C= Oremos.

Ó Pai, pela ressurreição do vosso Filho, confirmai a nossa fé e a nossa esperança na vida mais forte que a morte; fazei que não nos deixemos vencer pela tristeza e pelo medo, mas colaboremos para construir um mundo novo convosco e com vosso Filho Jesus Cristo, nosso Senhor.

T= Amém.

C= Pela Ressurreição de Cristo
T= Guardai-nos na Luz, ó Santa Mãe do Senhor.