Óleo – Lucenário


Em vista da celebração do centenário de São José, começamos em 2017, a celebrar, em nossa paróquia o Lucernário de São José.

O QUE SIGNIFICA LUCERNÁRIO?
A palavra lucernário tem sua origem em lucena, pequena luz ou candeeiro que, quando colocado em um lugar alto, brilha no meio das trevas. Cristo é a luz do mundo que iluminou São José, fazendo brilhar nele as virtudes do alto. O Lucernário de São José é um momento celebrativo comunitário a ser realizado nos sete domingos que antecedem a festa de São José e tem como finalidade a preparação do Óleo de São José.

O QUE É O ÓLEO DE SÃO JOSÉ?
Para compreender a motivação para o uso do Óleo de São José, voltemo-nos,antes de tudo, para a Palavra de Deus. O salmo 104 enumera três elementosconsiderados dádivas da bondade de Deus: “o vinho que alegra o coração do homem, o óleo que dá brilho às faces e o pão que renova as forças”. Estes três elementos são usados como sinais da ação de Deus desde os tempos bíblicos. Cristo e seus apóstolos usavam coisas simples como lama, óleo e água como sinais sensíveis para despertar a fé. O Evangelho relata que “Jesus cuspiu no chão e fez lodo com a saliva, passou nos olhos do cego e disse-lhe: “Vá lavar-se no tanque de Siloé.” Este é o espírito que motiva ao uso do Óleo de São José, um elemento simples para animar-nos na fé sobrenatural.Igualmente na tradição de piedade da Igreja encontramos o óleo como umsacramental. Alguns textos de São João Crisóstomo, de Gregório de Tours e outros autores atestam que no século IV, além do uso litúrgico, o óleo era amplamente usado na piedade do povo cristão. Sabe-se que o costume iniciou com os cristãos na Roma Antiga.Quando rezavam nas catacumbas, colocavam lâmpadas de óleo para queimar perto dos túmulos dos mártires, e depois levavam esse óleo para se ungirem. O costume foi difundido para outros lugares e de forma especial nos santuários e lugares de peregrinação como a Basílica da Santa Cruz em Jerusalém, e na Europa, a exemplo do túmulo de São Martinho na França. Esta prática sobreviveu em muitos santuários.O uso do Óleo de São José começou com Irmão André fundador de um grandeSantuário de São José no Canadá, inspirado pelo uso piedoso do óleo nos santuários da Europa. Quando ia visitar os doentes, o irmão André levava um pouco de óleo vegetal tirado de uma lâmpada votiva que ardia diante da estátua de São José. Ele recomendava aos pacientes que usarem o óleo como um sinal de fé. E ainda insistia na necessidade de oração e conversão do coração, porque de nada adianta limpar o exterior, mantendo o interior cheio de egoísmo e de todo tipo de mal, como lemos no evangelho (Lc 11,38).Irmão André retomou esse antigo gesto para expressar sua confiança em Deus e na intercessão de São José. Entendia que esse gesto é próprio de quem ora e possui uma fé viva. Para Irmão André a prática não era um rito mágico, e explicava: “o óleo e a medalha nos ajuda a pensar melhor em São José, anima nossa confiança na sua intercessão.”

ORAÇÃO DE SÚPLICA
Senhor Jesus Cristo, que dissestes: pedi e recebereis, buscai e achareis, batei e vos será aberto, nós Vos suplicamos que sejamos agraciados com o dom da fortaleza, da confiança e da saúde, para que, como São José, Vos amemos de todo o nosso coração, por palavras e ações e nunca deixemos de Vos louvar.
Reza-se um Pai Nosso.

  • São José, consolador dos doentes, rogai por nós. (passa-se um pouco do óleo de São José sobre a testa, formando uma cruz).

ORAÇÃO DE LOUVOR
Louvem ao Senhor, todas as nações; louvai-o, todos os povos! Porque está confirmada sobre nós a sua misericórdia, Ele é nosso libertador, fortaleza e abrigo, Nele sempre esperamos porque a fidelidade do Senhor permanece eternamente. Demos glória a Deus Pai onipotente e a seu Filho, Jesus Cristo, Senhor nosso, e ao Espírito que habita em nosso peito pelos séculos dos séculos. Amém.