14˚ dia da Via Sacra da Ressurreição

DÉCIMA QUARTA ESTAÇÃO

O Ressuscitado envia o Espírito Santo

C= Nós vos adoramos e vos bendizemos, Senhor Jesus Cristo!

T= Porque pela vossa santa Páscoa remistes o mundo!
(erguendo as velas e não ajoelhando)

Leitor 1: “De repente, veio do céu um barulho como sopro de um forte vendaval, e encheu a casa onde eles se encontravam. Apareceram então, umas como línguas de fogo, que se espalharam e foram pousar sobre cada um deles. Todos ficaram repletos do Espírito Santo, e começaram a falar em outras línguas conforme o Espírito lhes concedia que falasse.” (Atos 2, 1-4)

C= No dia de Pentecostes, na sala do Cenáculo passa um vento impetuoso. É o sopro divino que dá uma hálito de vida nova aos seguidores de Jesus. Nas testemunhas do Crucificado Ressuscitado se ascende o fogo do amor que aquece o coração dos crentes e da coragem para anunciar o Cristo vivo e vencedor da morte. Muitas línguas, raças e culturas ouvem e acolhem a Boa Nova de Cristo que lhes chega através de homens e mulheres inundados pelo Espírito de Jesus. A Igreja nasce em Jerusalém e expande a suas raízes até os confins da terra. E a força do Espírito dado em Pentecostes, sopra quando e onde quer. Ninguém para, ninguém prende e nem pode impedir que o eco da Ressurreição chegue a todos o cantos da terra. O Aleluia Pascal ressoa em toda comunidade humana, em todos os tempos e lugares.

Leitor 2: Movidos pelo Espírito do Senhor, homens e mulheres, ao longos dos tempos, testemunharam a Páscoa de Jesus. A maior parte dos cristãos conheceu Jesus em Nazaré ou em Jerusalém. A maioria não assistiu a sua crucificação e nem viu a suas manifestações de Ressuscitado. Todos, no entanto, fizeram a experiência do encontro com Jesus pela presença dócil e amorosa do Espírito que habita no peito do cristão. Seguem Jesus em todas as situações. muitos até deixaram que os matassem por causa do nome de Jesus. O Espírito, que conduz a missão do Cristo, renova constantemente a face da terra, para que novos seguidores tenham a mesma sensação e convicção de que Cristo vive e é Senhor para glória de Deus Pai.

INTERCESSÃO

C= O Pai nos comunica o seu Santo Espírito por meio de Cristo, para que sejamos plenamente filhos; peçamos-lhe, então, unidos:
Dai-nos, ó Pai, o Espírito de amor.

  • Por todos os povos, para que sintam na sua história a presença de Deus portadora de liberdade, dignidade, esperança para esta vida e para a outra, rezemos.
  • Pela nossa comunidade, para que o Pai no comunique, em Cristo, a plenitude do Espírito Santo que nos anima a toda obra e ação de bem, rezemos.

C= Oremos.

Infundi, ó Deus, a benção do vosso Espírito sobre nós, para que se ascenda em vossa Igreja aquela caridade que revela ao mundo o mistério da salvação. Por Cristo Nosso Senhor.

T= Amém.

C= Pela Ressurreição de Cristo.
T= Guardai-nos na Luz, ó Santa Mãe do Senhor.